Carreira Coaching

5 passos para superar o seu medo do fracasso através da ação

O medo do fracasso é um dos maiores medos que as pessoas têm.  A lei do feedback, afirma: não há fracasso, há apenas feedback. Há apenas resultados. As pessoas bem sucedidas olham para os erros como resultados, e não como fracasso. As pessoas com medo do fracasso olham os erros como permanentes e pessoais.

1- Tome  uma  atitude.

Execute  uma  ação  decisiva  e  ousada.  Faça algo  assustador.  O medo  do  fracasso te imobiliza.  Para  superar  esse  medo,  você  deve  agir.  Quando você agir, aja com ousadia.

A  ação  dá-lhe  o  poder  de  mudar  as  circunstâncias  ou  a  situação.  Você  tem  que superar  a  inércia  fazendo  algo.  Faço-lhe  a  seguinte  pergunta:

”O  que  você  faria  se soubesse  que  não  poderia  falhar?”  O  que  você  poderia  alcançar?  Seja  corajoso  faça algo.  Se  não  funcionar  do  jeito  que  você  quer,  então  faça  outra  coisa.  Mas  faça alguma coisa agora.

2- Seja  persistente.

As  pessoas  bem  sucedidas  simplesmente  não  desistem  com facilidade. Elas continuam tentando diferentes abordagens para alcançar os resultados desejados e focando-se no alvo.As pessoas  sem  sucesso  tentam  uma  coisa  que  não  funciona  e  depois  desistem.  Muitas vezes  as  pessoas  desistem  quando  estão  no  limiar  de  sucesso.  Desistem prematuramente.

3- Não  personalize  a  falha.

O  fracasso  gira  em  torno  do  comportamento  e  dos resultados.  O  fracasso  não  é  uma  característica  da  personalidade.  Embora  por  vezes você  não  atinja  o  resultado  que  queria,  isso  não  significa  que  você  é  um  fracassado. Porque você cometeu um erro, não significa que você é um fracasso.

4- Faça as coisas de forma diferente.

Se o que você está fazendo não está funcionando, faça outra coisa. Há um velho ditado, “se você fizer sempre o que tem feito, irá obter o que sempre tem obtido. Se você não está obtendo os resultados que quer, então deve fazer algo diferente. Algumas pessoas deixam de continuar a fazer as coisas que necessitam ser feitas, e isso é a garantia para não serem bem sucedidos.

5- Não seja demasiado duro consigo mesmo.

Se nada funcionou, lembre-se que o fracasso é um julgamento ou avaliação do seu comportamento. Olhe para o fracasso como um evento ou um acontecimento, não como uma pessoa.

Psicologia Comportamental – Escola da Psicologia
Miguel Lucas

Pense nisso e boa semana!

Author

admin

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × dois =